Guia: Saiba Como Escolher um Escritório Privativo em Coworking

poradmin
Teu Negócio cabe no Coworking?

Confira o guia que preparamos para você escolher a melhor opção em escritório privativo em um coworking para o seu negócio.

Os espaços de coworking estão cada vez mais em evidência, oferecendo dentre os seus serviços os escritórios privativos.

 

Se você está em busca de um local físico para desenvolver o seu negócio, tanto individualmente quanto para mais pessoas, em algum momento já deve ter se deparado com alguma publicidade de algum lugar desses ao dar um Google, ou ainda em seus feeds das redes sociais.

 

Saiba como a escolher a melhor alternativa com o guia com os principais itens a serem levados em consideração. Acompanhe conosco abaixo:

 

01) Localização

O primeiro passo para definir as melhores alternativas em escritórios privativos é avaliar se a localização é uma característica fundamental – tanto para você como para os seus clientes, funcionários e fornecedores.

Lembre-se de considerar a forma e o tempo de deslocamento até o espaço, a existência de restaurantes, comércio, bancos e farmácias – bem como estacionamentos e transporte público ao entorno.

 

02) Serviços Oferecidos

O segundo passo é a definição dos serviços e das características essenciais que devem existir. Geralmente encontram-se descritas em uma proposta. Para a sua melhor compreensão, reflita com as seguintes perguntas:

– Você trabalha apenas em horário comercial ou costuma ter uma rotina mais flexível? Considere verificar o horário de funcionamento e o horário de atendimento que, em muitos casos, podem ser diferentes.

– A velocidade e a disponibilidade da internet são importantes no seu negócio? Caso haja a necessidade de transferência de arquivos e verificação de documentos, ou ainda videoconferências e ligações via internet, ambos devem ser considerados.

– Há possibilidade de expansão ou cortes na equipe? Considere avaliar se, durante o uso do espaço, poderá ser necessário contratar/demitir funcionários.

– A existência de uma estrutura física de suporte faz diferença? Considere a existência de copa com água, café e eletrodomésticos disponíveis, espaço para alimentação e lavagem de utensílios – bem como buscar saber sobre a frequência da limpeza.

– Você receberá clientes durante o seu horário de trabalho? Como funciona a recepção de visitantes? Considere avaliar se o atendimento da recepção é satisfatória, tanto presencialmente como por telefone, e se está inclusa na mensalidade. Mesmo que não estando diretamente ligado ao seu negócio, os serviços do espaço podem afetar positivamente/negativamente a experiência do seu cliente deve ser levada em consideração).

– Existem garantias quanto a segurança física e patrimonial dos utilizadores? Considere verificar a existência de um seguro e do alvará de funcionamento do estabelecimento. Verifique também se existem câmeras de vigilância, iluminação de emergência e como se dá o acesso de pessoas externas ao espaço).

 

03) Realizar um Comparativo do Custo x Benefício

Realize um comparativo do que é oferecido por cada um dos espaços considerando o valor da mensalidade vs. serviços oferecidos.

Caso você esteja em dúvida entre escolher um escritório privativo pu o aluguel tradicional não esqueça de considerar também o valor do IPTU, condomínio, instalação e fidelidade de prestadoras de serviço de telefonia e internet, manutenção, limpeza e secretária.

Em uma conta simples, multiplique cada alternativa por 12 (número de meses) para obter uma melhor visualização de como isso irá impactar o orçamento anual do seu negócio.

 

04) Realizar um “Day Test” / “Day Use”

Um aspecto essencial e que poderá evitar dores de cabeça futuras é verificar como o dia a dia acontece no espaço e o público que o utiliza. Geralmente os espaços de coworking oferecem aos potenciais clientes a utilização de seus serviços por um dia sem nenhum custo. Mesmo a prática sendo mais comum para espaços compartilhados, é uma boa alternativa também na hora de escolher um escritório privativo.

Caso não seja oferecido considere realizar a contratação de uma diária (ou até duas) avulsa para verificar se os serviços atendem a suas expectativas.

 

05) Atenção ao Contrato

Este é o último passo para a contratação dos serviços do espaço escolhido é um dos que mais merece atenção. A exemplo de outros serviços e para poder ter maior previsibilidade em sua receita, os espaços costumam oferecer valores mais atrativos para contratações de longo prazo (não é uma regra e vai depender da política comercial de cada empresa).

Antes de realizar a contratação, preste muita atenção aos seguintes itens:

– Vigência mínima;
– Data de pagamento;
– Forma de pagamento;
– Reajuste anual;
– Juros e penalidades em caso de atrasos;
– Possibilidade de utilização do endereço para fins fiscais;
– Possibilidade de personalização do espaço;
– Valor dos serviços adicionais;

Observação importante: aproveite para verificar se existe uma política de conduta (regras de uso) que podem ser diferentes entre os espaços.

 

Esperamos ter lhe ajudado com essas informações e ficamos muito felizes de que um escritório privativo em um coworking faça parte de suas opções. Além da economia, a escolha por essa solução pode gerar novos negócios e networking com outros profissionais.

 

Caso ainda tenha dúvidas ou queira mais informações entre em contato conosco clicando aqui, ou utilizando o botão do WhatsApp do lado direito da sua tela.

😉

WhatsApp